Navigator



"Tenho em mim todos os sonhos do mundo..."

"Tenho em mim todos os sonhos do mundo..."
A afirmação pode não ser original, mas é, sem sombra de dúvida, a que melhor condensa o sentimento que qualquer mãe (futura, presente ou para sempre) nutre face à expectativa de gerar, dar à luz, acarinhar e educar um filho.
Ver um sonho ganhar forma...
Senti-lo crescer a pouco e pouco e reclamar o seu espaço no mundo real.
Criar um Ser a partir de nós mesmas e vê-lo tornar-se um pedacinho do que somos, mas perfeito, sem mácula.
É ter dentro de nós o maior e o mais pequeno sonho do mundo e ansiar pela sua materialização num choro. O mais belo choro que alguém pode e quer ouvir.
Neste arbítrio que é ser mãe, muito há por saber, muitas são as dúvidas e incontáveis os receios.Tremenda a ansiedade e avassalador o medo de falhar.
Eis a importância de contar com alguém que nos ensine, nos esclareça.
Alguém que vá para além disso.
Alguém que nos ajude a desvalorizar os receios, a serenar a ansiedade.
Alguém que nos leve a perceber que o medo de falhar não é exclusivo de quem o sente, mas antes algo partilhado por todos quantos têm nas suas mãos o destino de outrem...o sonho que entretanto respira e sorri.
Alguém que esteja sempre lá.

(Também) assim é ser mãe...

Muito obrigada à Bem Nascer por ter tornado este sonho naquilo que todos os sonhos devem ser: uma magnífica e deslumbrante realidade.

À enfermeira Violante o meu muito obrigada por ter sido um pouco de tudo que nos faz falta nesta etapa:
Conselheira, confidente...amiga.


"Tenho deitado num pequeno berço o maior sonho do mundo...Ricardo Matias"


Publicado em: 2013-04-16 23:17:46

Partilhe: